segunda-feira - 16/set/2019
Inicio / Notícias / Vitória sedia encontro de capitais do sudeste sobre doença falciforme

Vitória sedia encontro de capitais do sudeste sobre doença falciforme

A diretora de parcerias e captação da Federação Nacional de Associações de Pessoas com Doença Falciforme-FENAFAL, Nilcéa Alves Gomes Silva, participou nos dias 16 e 18 de agosto, na cidade de Vitória (ES), do 1º Encontro de capitais do sudeste em Doença Falciforme. Ela relata que estiveram presentes neste evento, médicos, profissionais de PSF, Enfermeiras, representantes de Universidades, Gestores, Ministério da Saúde e representantes da Sociedade civil.
O evento contou com a presença de Joice Aragão de Jesus, coordenadora da Política Nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doença Falciforme, que deu boa vindas aos presentes. O Secretário Municipal de Saúde de Vitória ressaltou a importância do evento na cidade, que atraiu representantes de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Segundo Nilcéa, Joice fez uma fala sobre a importância do evento em Vitória para as pessoas com Anemia Falciforme da região. “Os mesmos participaram falando da importância das apresentações de outros estados, para saberem de como está a implantação do programa em seus estados e cidades, fortalecendo mais o trabalho que o ministério da saúde vem fazendo”, diz a diretora.
Ela disse que a associação de Vitória expôs suas preocupações e cobranças . “No final Drª Joice falou que, dos Estados da região Sudeste, Minas Gerais está mais organizado, Rio de Janeiro também, mas algumas médicas presentes ressaltaram a falta de união da sociedade civil e que devem trabalhar mais juntas. Em São Paulo falta entrosamento das Secretarias Estadual e Municipal com o Ministério da Saúde”, comenta Nilcéa.
Valdete Ferreira, representando a Secretaria Municipal de Vitória, fez apresentação de como esta o programa de Doença Falciforme na cidade. “Por fim, toda ajuda será dada para a cidade de Vitória, para tentar melhorar a qualidade de vida das pessoas com doença falciforme. Foram bem valiosas as trocas de informações e sendo assim as coisas poderão andar cada vez mais em relação à Doença Falciforme”, diz a ativista paulista.

LEIA TAMBÉM

Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doenças Falciformes

27 de Outubro é o Dia da Luta pelos Direitos das Pessoas com Doença Falciforme, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *